Soft mount – Afinal, o que é?

A comunidade de drones FPV está em polvorosa com a nova modinha do momento: Montantes macios (ou Soft-mount, no termo em inglês). A origem deste hype se deu quando o piloto Johnny FPV disse que seu segredo é usar soft mounts nos motores de seus drones.

Mas afinal, o que são soft mounts? É simplesmente modinha ou faz alguma diferença?

Soft mount significa “montante macio”, e nada mais é do que fixar o motor no braço do drone usando algo macio entre o braço e o motor, com o objetivo de absorver a vibração e passar o mínimo possível para o giroscópio da placa controladora de voo.

Quando surgiram os primeiros quadricópteros, era uma prática comum montar a controladora de voo sobre uma superfície amortecida, normalmente por montantes de borracha ou silicone. Naquela época os giroscópios não eram muito bons, e qualquer fibração causava enorme ruído na leitura da posição do drone.

A medida que os giroscópios e a velocidade de processamento das controladoras foram evoluindo o ruído gerado pela vibração diminuiu, e complexos algorítimos de filtragem acabaram por fazer um ótimo trabalho eliminando o ruido restante. Porém isso tem um custo (ciclos de processamento).

Nas placas controladoras mais modernas, os giroscópios são ainda mais velozes do que antes, podendo alcançar taxas de atualização de até 32Khz, e junto com a maior frequência de operação vem mais ruído, e a placa controladora tem que trabalhar dobrado para reconhecer o que é movimento legítimo e o que é simplesmente ruído.

Minimizar a vibração que chega a controladora é uma ótima forma de obter mais desempenho do giroscópio, já que te permite reduzir a atuação do algorítimo de filtragem, e isso reduz MUITO a carga de processamento. Uma das forma de se fazer isso é evitar que a vibração dos motores afete o chassi do drone e acabe chegando a placa controladora.

Portanto, em teoria, o soft mount dos motores realmente pode ajudar a voar melhor, mais “travado” e com respostas mais precisas aos comandos.

O amigo Ultra FPV fez um ótimo vídeo demonstrando a diferença dos valores no acelerômetro nas duas situações: Com e sem montante macio.

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário!

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *